Como fazer o controle do estoque da sua loja

Já imaginou o seu cliente entrar na sua loja virtual e querer comprar seu produto mais popular mas não ter em estoque ou pior ainda, o usuário comprou por estar disponível na loja online mas não tem em estoque para entregar.
A principal função de gerenciar o estoque é garantir que o que sempre vende esteja sempre disponível. E não permitir que seja vendido algo que não está disponível.

Outro problema bastante comum é o atraso nas entregas, ele é um dos grandes motivos pelos pedidos serem cancelados.
Para isso não ocorrer é necessário ter um controle total de todo o processo.

Ou ainda deixar de vender para um cliente que está na sua frente pois o estoque já foi destinado para vendas pela internet.
Você não pode ter esses problemas, atrapalha tanto a loja física quanto a loja virtual.
Leia essas dicas para ter uma loja online com estoque organizado.

1. Conheça o seu processo

Apesar do processo ser similar para todas as lojas, cada uma pode ter detalhes específicos, por isso observe quais são as etapas que ocorrem e que são necessárias.
Só assim poderá definir o melhor processo de gestão de estoque para sua loja.

Cada processo é um, imagine a diferença entre uma loja que vende através de revenda, outra que são produtos personalizados ou outra de produtos artesanais.

2. Registre todas as entradas e saídas

Na teoria é simples, apenas é necessário saber quantos produtos entraram no estoque e ir dando baixa conforme as vendas ocorrem.
Mas na prática, na agitação do dia a dia, tudo fica mais complicado, por isso é preciso manter um controle rígido.

Centralize as informações, seja em uma sistema ou até em uma planilha.
O processo de vendas da loja física e da loja online precisam terminar com o mesmo processo de baixa do estoque.
Sua loja virtual é uma extensão da loja física e não algo separado.

3. Venda sem estoque

Você também pode vender por encomenda.
As vendas por encomenda podem ser realizadas sem um estoque físico, comprando direto do fabricante, mas esse tipo de prática também tem seus detalhes.

Caso o seu fornecedor atrase o seu pedido, irá consequentemente atrasar para o seu cliente. Podendo prejudicar seu relacionamento com o cliente e fazendo ele deixar de comprar futuramente.

Além de perdas referente a tempo e dinheiro caso tenha que realizar algum estorno do valor pago pelo seu cliente.
Por isso é preciso escolher com cuidado um bom fornecedor nesse tipo de venda sem estoque.

4. Tenha um espaço de acordo com as necessidades

O local que será usado para armazenar seu estoque precisa ser adequado ao seu produto e seu processo.
Um galpão, armazém, centro de distribuição… você precisa analisar o tipo de local que será necessário e além disso, o local que precisa ser o mais estratégico possível para as entregas terem o menor prazo e custo.

Entenda o tamanho que precisa, nem maior e nem menor.
Menor irá causar desorganização e maior irá implicar em custos maiores para manter um local que não está sendo usado por completo.

Estoque é dinheiro, precisa ter capacidade de ver, analisar e movimentar de forma mais eficiente seus produtos.
O local também precisa prover segurança aos seus produtos, evitando roubos, inundações, incêndios ou outras perdas que irão implicar em prejuízos.

5. Acompanhe o fluxo

Entenda quais produtos que mais tem saída, é necessário que eles sempre tenham sua reposição em dia.
Pois podem ser os que geram mais fluxo de caixa para sua loja.

Esse entendimento pode ser feito analisando seu histórico de vendas.

Analise também o período que cada tipo de produto é mais vendido, a sazonalidade. Assim pode já se preparar para algum período específico como datas comemorativas que fazem ter uma maior saída do produto.

1 comentário em “Como fazer o controle do estoque da sua loja”

  1. Pingback: Monte sua loja virtual com essas dicas do SEBRAE - Meloja

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *